A N O X -n o 5 6 – M a r ç o / A b r i l -2 0 0 6 – E d i ç ã o B i m e s t r a l FESTA DE ANIVERSÁRIO

Description
A N O X -n o 5 6 – M a r ç o / A b r i l -2 0 0 6 – E d i ç ã o B i m e s t r a l FESTA DE ANIVERSÁRIO

Please download to get full document.

View again

of 8
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Information
Category:

Economy & Finance

Publish on:

Views: 16 | Pages: 8

Extension: PDF | Download: 0

Share
Tags
Transcript
  ANO X - n o  56 – M a r ç o / A b r i l - 2006 – Edição Bimestral BATUÍRA JORNALPÁG. 1 Em Assembléia Geral Ordinária,realizada no dia 08 de marçodeste ano, foram eleitos osmembros do Conselho deAdministração e da DiretoriaExecutiva para o triênio 2006/2009. BATUÍRA JORNALBATUÍRA JORNAL Veja as principais mudançase os resultados de 2005nas páginas 3, 6 e 7. GEB TEM NOVA ADMINISTRAÇÃO o novo organograma funcional do Grupo Espírita Batuíra ,com a divisão em departamentos e setores, e os nomes de seus respectivosocupantes. Veja nas págs. 4 e 5 Veja também como foi a festa de 42 anos daCasa de Batuíra, que teve como convidadoespecial o Prof. Altivo Ferreira, vice-presidenteda Federação Espírita Brasileira – FEB. FESTA DE ANIVERSÁRIO Reportagem completa naúltima página. Membros do Conselho de AdministraçãoMembros da Diretoria Executiva  EditorialBom Trabalho! No mês de março, quando o verãotermina e começa o outono, a diretoriado Grupo Espírita Batuíra terminoumais um mandato de três anos e teveinício uma nova gestão. Assim comoentre as estações do ano, não hámudanças bruscas de temperatura, aassembléia preferiu seguir-lhe oexemplo, optando pela mudançagradual.Fato similar observa-se com freqüêncianas organizações consideradas bemsucedidas. Elas não substituem seustitulares de uma só vez. Preservam aestrutura responsável pelos resultadosconquistados no exercício anterior, eintroduzem, aos poucos, o chamado‘sangue novo’. Foi esse sentimento queprevaleceu na última eleição dadiretoria do GEB.No Conselho de Administração foramintegrados quatro novos talentos. NaDiretoria Executiva, um novo inte- Folheando o EvangelhoOs Bons Espíritas O livro O Evangelho Segundo oEspiritismo, cap. XVII, item 4, oferece-nos uma página importante intitu-lada os bons espíritas. Estes, segundoa referida obra, são os verdadeiroscristãos. Mesmo porque, no enten-dimento de Kardec, o Espiritismo nãoinstitui nenhuma moral nova; apenasfacilita a compreensão e a prática damoral do Cristo.Ao fazer esta declaração, Kardeccolocou, lado a lado, a moral cristã ea moral espírita, afirmando que umanão é senão a outra. O bom espíritaé, portanto, aquele que se empenhaem praticar o Evangelho de Jesus.É no cultivo dos valores da alma, taiscomo a humildade, a benevolênciapara com todos, o perdão, a abnega-grante veio reforçar a equipe. Dentrodo novo modelo de gestão propostopela diretoria atual, vários associadosdo GEB atuarão de forma decisiva noschamados segundos escalões, assu-mindo responsabilidades compatíveiscom suas aptidões. É uma opor-tunidade que terão de demonstrar seupotencial e adquirir experiência, comvistas ao futuro.Assim, a equipe que vai dirigir o GEB,no próximo triênio, está formada eaprovada, em assembléia geral ordi-nária realizada no dia 08 de marçoúltimo. É um grande desafio para seusdiretores que têm diante de si consi-derável número de freqüentadorese voluntários. Não podemos pensarnuma Casa, como a nossa, na qualcirculam cerca de 5.000 pessoas porsemana, sendo administrada de formaamadora! Algumas ferramentasadministrativas, como organização,delegação do trabalho, planejamen-to orçamentário, etc. são indispen-sáveis para garantir os resultados quese pretende alcançar.Competência administrativa e sensi-bilidade espiritual são duas qualidadesvaliosas no dirigente espírita. Nãobasta a ele reunir conhecimentodoutrinário sem preparo para lidarcom pessoas. Da mesma forma, nãobasta reunir competência adminis-trativa, sem possuir amor no coração.Afinal, a Casa espírita deve refletir amoral de Jesus em toda sua plenitude.Sem esse ícone, ela não passa de umainstituição espírita de fachada.Ensejamos à nova diretoria do GEBsucesso pleno em sua missão, naesperança de que seus dirigentes, queora acabam de tomar posse nos seusrespectivos cargos, realizem um bomtrabalho. O editor ção,... que o bom espírita concentrasua atenção e fortalece a fé. O conheci-mento que possui acerca da vida apósa morte, confere-lhe uma confiançacapaz de fazê-lo superar as provas maisdifíceis.Disse-nos o codificador do Espiritismo,com a clareza de raciocínio que lhe erapeculiar, que muitos dos que acreditamnas manifestações dos Espíritos, ficamrestritos à observação dos fenômenos,não lhes apreendendo as conseqüên-cias morais. O bom espírita, ao con-trário, não só as compreende, comotambém esforça-se por colocá-las emprática.O mestre de Lyon, referindo-se aocomportamento do espírita, é contun-dente: “Reconhece-se o verdadeiroespírita pela sua transformaçãomoral e pelos esforços que empregapara domar suas inclinações más”.Neste sentido, o bom espírita não éuma pessoa perfeita, mas alguémque luta continuamente para selibertar dos vícios que a prendem aeste mundo, e que se empenha naconquista dos valores da alma.A evolução do Espírito, como sabe-mos, é um processo lento, que nãose verifica senão após inúmerasencarnações e, algumas delas, com oselo da repetência. O bom espíritatrabalha pela melhoria de suascondições morais e pela obtenção denovos conhecimentos, que lhe permi-tam servir melhor a Jesus. O editor BATUÍRA JORNALPÁG. 2 BATUÍRA JORNAL  No dia 08 de março, em Assembléia Geral Ordinária,foram eleitos os novos membros da Diretoria Executivae do Conselho de Administração do Grupo EspíritaBatuíra para mais uma gestão, que se estenderá atémarço de 2009. Douglas Musset Bellini e NaborBernardes Ferreira, foram reeleitos, respectivamentepara os cargos de presidente do Conselho e da DiretoriaExecutiva.Segundo Nabor, o Grupo Espírita Batuíra cresceu muitonos últimos anos. Ele explica que “ao abrir espaço naDiretoria e no Conselho de Administração para outraspessoas, a proposta é buscar uma integração de todosos trabalhadores e dos vários setores que compõem aCasa. Essa abertura trará novas idéias e fortalecerá ainstituição. Além disso, teremos a oportunidade derevelar novos talentos”.Para Douglas, presidente do Conselho de Administração,é importante que todos os líderes da Casa estejamconscientes da necessidade de integração dos depar-tamentos, principalmente diante da ausência do grandetrabalhador e médium fundador do GEB, SpartacoGhilardi. “Todos os setores devem ter clareza do quesignifica trabalho, fé, união e integração”, destacou. CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO Dentro desse espírito de integração, o Conselho deAdministração conta agora com mais quatro inte-grantes. Abaixo, os nomes dos conselheiros para apróxima gestão:Douglas M. Bellini (presidente), Ricardo B. Ferreira,David Berezovsky, Zita Ghilardi, Maria Pia B. de Macedo,Jaílton da Silva, Jorge Chrypko e Marco Antônio P. dosSantos. DIRETORIA EXECUTIVA A Diretoria Executiva, com a eleição da psicóloga MariaLuiza Zílio Ferreira, coordenadora das reuniões defluidoterapia, passa a ter a seguinte constituição:Nabor B. Ferreira (presidente), Ronaldo M. Lopes (1 o  vice),Luiz G. Mello (2 o  vice), Geraldo R. da Silva (1 o  secretário),Iraci Maria P. Branchini (2 a  secretária), Luiz C. Pugliesi (1 o tesoureiro), Savério Latorre (2 o  tesoureiro), Cláudio L. deFlório (bibliotecário), Tufi Jubran (1 o  vogal), EduardoBarato (2 o  vogal) e Maria Luiza Z. Ferreira (3 o  vogal). BATUÍRA JORNALPÁG. 3 BATUÍRA JORNAL EleiçãoGEB tem nova administração Rita Cirneritacirne@hotmail.comGeraldo Ribeiroribeiro.geraldo@terra.com.br MUDANÇAS Alguns departamentos foram reestruturados visandoa integração, a união de esforços e o aproveitamentode novos talentos. Administrativo : Cláudio Luiz de Flório e FranciscoColloca. Assistencial : Luiz Mello e Douglas Bellini. Higiene e Saúde : Dr. Eduardo Barato e Dr. RicardoPastori. Educação e Cursos Doutrinários : Ronaldo Lopes,Geraldo Ribeiro e Cláudio de Flório. Divulgação : Geraldo Ribeiro, Ronaldo Lopes e MariaLuiza Ferreira. Orientação e Formação Profissional : Luiz Mello eSylvia Bruin. Cultura e Arte  (novo): Douglas Bellini e José C.Zaninotti.Seguindo o mesmo critério alguns setores tambémtiveram sua estrutura modificada: Assistência Médica : Dr. Gilmar Higa e Dr. Sandro M.Cardoso. Passes em Domicílio : Geraldo Ribeiro, Zita Ghilardi,Arildo Menezes e Wilma Badam. Orientação Fraterna : Maria Ângela R. Costi. Curso Básico de Espiritismo : Orlando Cavalcanti,Roberto Garcia, Márcia Zaninotti e Maria EugêniaFuseiro. Estudo dos Livros da Codificação : Estêvão PradoCarvalho, Sandra Lúcia M. Silva e Alexander Almeida. Mocidade : Gabriel Branchini e Lucas Palacios. Comunicação : Geraldo Ribeiro e José C. Zaninotti. Conselho do Livro : Ronaldo Lopes, Geraldo Ribeiro,Cláudio de Flório e Maria Luiza Ferreira. Site do GEB : Jorge Chrypko, Ronaldo Lopes, GeraldoRibeiro e José C. Zaninotti. Coral : Shyrlei Graciano, Olivio e Eliana Galassi(regente)Idéias novas, sangue novo, mais visibilidade e, princi-palmente mais união em todas as frentes de trabalho,é o principal alvo da diretoria da “Casa de Pedra” deBatuíra para essa nova gestão.  Organograma Funcional do Grupo BATUÍRA JORNALPÁG. 4 BATUÍRA JORNAL [1] Jorge /Daniel /Ruy /AngeloDilson /Ronaldo (F.A) /Marilia (M.O)[2] Equipe Capt. Rec. /Ev. &Camp.Daniel /Rogério /J.Fernando/Francisco /Cezar /Zaninotti/Tufi /Odete Pacheco[3] UTE – Unidade de Tratamento Espiritual[4] AME – Ambulatório Médico-Espírita  BATUÍRA JORNALPÁG. 5 BATUÍRA JORNAL [5] Equipe Orientação FraternaWaldemar /Necy /Zita /Ronaldo /Hermenegildo[6] Marcia Zaninotti /Eugenia[7] Iraci /Rita /Sandra /Simone[8] Eliana /Olívio  Espírita Batuíra Gestão 2006 / 2009
Related Search
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks